Pai de Santo “energiza” ministros do STF

O babalorixá Benedito Vitor dos Santos participou da posse de Dias Toffoli

0
15

Durante a posse do ministro Dias Toffoli como presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), uma figura emblemática estava entre os convidados para a cerimônia, o pai de santo “Vitão”, como é conhecido Benedito Januário dos Santos.

A receptividade dos ministros da Corte ao religioso, segundo relatou a revista IstoÉ, inclui conselhos e o que chama de “energização” do tribunal. Tudo isso acontece na surdina, fora da visibilidade da opinião pública ou da cobertura da grande mídia.

“Quando vou para Brasília, na surdina, vem o Fachin, os outros… Eles querem saber como é. Eu dou as orientações, faço a energização”, relata.

Na posse de Dias Toffoli, Vitão conta que formou dupla de moda de viola com o ministro Gilmar Mendes, num momento de intimidade para poucos. O religioso demonstra gratidão pelo privilégio de ter sido convidado para a ocasião.

“Quem sou eu? Quantos não queriam um convite daquele [para participar da cerimônia de posse]? Quantos professores e desembargadores gostariam de ser convidados? E eu fui o primeiro a ser”, disse.

Sobre a possibilidade de uma indicação evangélica para o STF, Vitão é crítico e avalia que a religião é “questão de cada um”. “Não precisa ser terrivelmente evangélico [para ocupar o STF]. Tem que ser um bom ministro”, encerra.

Benedito Vitor dos Santos foi apresentado a Toffoli, quando o ex-advogado do Partido dos Trabalhadores (PT) ainda era estagiário do Departamento Jurídico XI de Agosto (DJ), da Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo.

 


Festa das Orquídeas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui