Número de queimadas na Amazônia é o menor em 6 anos

Dados divulgados contradizem narrativa internacional de que a floresta estava em chamas.

0
24

Longe do que havia sido noticiado por grande parte da imprensa internacional, a Amazônia não está em chamas, inclusive experimenta o menor número de incêndios para o mesmo período nos últimos 6 anos.

Apesar de o mês de agosto ter gerado muitos focos de incêndio, no mês de setembro a situação se reverteu e houve uma diminuição da queimada da floresta tropical a um patamar inferior registrado em 2014.

Os dados do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), mostram que no mês de setembro, a Amazônia teve 19.925 focos de calor, considerado o menor registrado para um mês de setembro nos últimos seis anos.

Esses dados destrói a tese de Emmanuel Macron, presidente da França, de que a floresta estaria queimando descontroladamente.

Macron tentou usar a situação para impedir um acordo comercial enter União Européia e Mercosul, acordo negociado por integrantes do governo brasileiro.

O indicador mostra também que os focos de calor que estavam avançando no mês de agosto, quando esse número chegou a 30.901 casos de incêndio, foram contidos.

Nos meses de agosto e setembro a Amazônia costuma registrar os números mais elevados de focos de calor e incêndio, devido a diversos fatores, incluindo o clima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, informe seu comentário
Por favor, informe seu nome aqui